Get the Flash Player to see this player.
Dicas para substituir peças

Catalisadores:

Evite ao máximo fazer adaptações, mas se tiver que fazê-lo, utilize preferencialmente solda MIG e tome cuidado para que não haja entrada falsa de ar, pois pode derreter a cerâmica. Após efetuar a troca, mantenha o veículo em funcionamento por cerca de 15 minutos (aproximadamente em 3.000 RPM), e no caso de motor à álcool ou flex (álcool/gasolina), por 30 minutos, para que haja a perfeita expansão da manta que suporta a cerâmica. Não se esqueça de orientar o proprietário para fazer as devidas revisões constantes no Certificado de Garantia.

 

Tubos de motor:

Evite ao máximo fazer adaptações, mas se tiver que fazê-lo, utilize preferencialmente solda MIG no caso dos tubos em inox. Verifique as condições dos coxins e sempre substitua as juntas e anéis de vedação.

 

Flexíveis:

Os tubos deverão ser introduzidos aproximadamente 12mm no diâmetro interno do flexível, mantendo sempre o formato original da peça. A solda, de preferência, deve ser MIG. Entretanto, uma boa solda oxi-acetilênica pode corresponder à necessidade, devendo ficar perfeitamente homogênea, para que todas as partes (tubo/grampeado/fole/malha e colete) sejam fundidas ou "caldeadas". O flexível nunca deve ser montado para trabalhar: desalinhado, tracionado ou comprimido. Montado incorretamente, o componente não exercerá sua função e poderá se quebrar.